domingo, 7 de janeiro de 2007

Realojamento de 50 famílias do Bairro do Tarujo




No âmbito do Plano Especial de Realojamento na Quinta de José Pinto e Tarujo foram realojadas centenas de famílias, porém, algumas (50 famílias) ficaram esquecidas e em situação calamitosa com habitações degradadas e em condições sub humanas.
Estas famílias ficaram literalmente abandonadas quer pelos senhorios sem escrúpulos que, não obstante as rendas altas, face à má qualidade das habitações, não executam quaisquer obras de beneficiação dos edifícios, quer pela Câmara Municipal de Lisboa.
Há graves situações de falta de higiene pública, a ausência das mais básicas condições de saneamento básico, falta de policiamento, casas em ruínas e lixeiras a céu aberto.
O realojamento destas famílias, para além de premente, é justa e merecedora de total respeito da Câmara Municipal de Lisboa.
É inadmissível que passado um mandato inteiro e agora estando já com mais de 14 meses do novo mandato, continuem as soluções sob promessa, aprazadas e sem nada de concreto.
Os moradores merecem que sejam encontradas finalmente soluções que resolvam os graves problemas de habitação com que se debatem, garantindo-lhes o realojamento condigno na Freguesia e nos seus Bairros, assim como a demolição das casas que vão ficando desalojadas.

1 comentário:

Alfredo disse...

Este assunto era merecedor duma reportagem televisa com passagem em horário nobre. Talvez se os moradores falarem com os jornalistas certos...