domingo, 7 de janeiro de 2007

ESQUADRA DE POLÍCIA PARA A BELA FLOR





















A Quinta da Bela Flor tem vindo a aumentar demograficamente através dos realojamentos do “PER”;
Quer a nível nacional quer a nível local, o desemprego tem vindo a aumentar e por consequência os jovens não têm acesso ao primeiro emprego;
Hoje os mais altos valores morais, éticos e sociais são, infelizmente, cada vez mais figura de retórica, dando lugar à falta de respeito, falta de educação e, em casos extremos aos assaltos e até ao vandalismo;





Os efectivos da Esquadra de Polícia do Bairro da Serafina são poucos e mal cobrem aquela zona;

Há uma considerável distância entre a referida esquadra e a Quinta da Bela Flor;
Por várias vezes foi prometido pelo Vereador Sr. Pedro Pinto da Câmara Municipal de Lisboa (anterior mandato), a construção da esquadra e a implementação de mais segurança na área da Quinta da Bela Flor.
É muito pertinente, e seria um acto de boa cidadania se a Administração Interna determinasse a instalação duma esquadra de polícia na Quinta da Bela Flor o mais depressa possível a fim de garantir mais estabilidade e segurança aos moradores da Quinta da Bela Flor e áreas adjacentes.







3 comentários:

Alfredo disse...

Policia de proximidade. É nisso que todos falam. MAs como diz o outro: falam, falam mas eu não os vejo a fazer nada!

Sobreda disse...

O artigo foi citado no URL http://osverdesemlisboa.blogspot.com/2007/04/agenda-21-e-requalificao-do-espao.html e inserida 'hiperligação' no Blogue no botão "Outros caminhos de Lisboa".

Anónimo disse...

A ausênsia de uma esquadra na Quinta da Bela Flor, é um acto de total irresponsabilidade e principalmente de desrespeito pelos direitos humanos.
Tudo acontece à frente de todos, juntam-se grupos que fazem o que querem, de uma forma ilícita e ilegal.
Por quanto tempo mais iremos continuar com receio e sem protecção